PauloWritten by: Artes Música

A renovação de Samuel Correia

Samuel Correia

Samuel Correia é um cantor, compositor, produtor e pianista de 16 anos que viu na música um canal de comunicação para dar voz a temas como a saúde mental e as relações interpessoais, numa simbiose entre pop, rock e baladas acústicas. Em outubro de 2020, editou “Reticências”, o seu EP (Extended-Play) de estreia, que originou a sua primeira tour, que se pretende internacional. Três meses volvidos após a edição deste primeiro projeto média-duração, o artista viu-se obrigado a suspender a sua tour e confinar. Em fevereiro do corrente ano, o cantor publicou o tema “vazio”, onde retrata as consequências mentais do confinamento, e imediatamente obteve uma grande popularidade entre jovens e adultos.

Na sequência deste lançamento, Samuel continuou a compor e com uma notória mudança na sua estética musical, renova-se com a estreia de “perto do fim”, uma música que narra o desgaste mental da falta de contacto e de solidão. Segundo o intérprete, este tema é “um grito de alerta para o aumento de pessoas afetadas por doenças mentais”.

O artista anseia voltar aos palcos com a sua banda para retomar a “Reticências Tour” e assume estar a trabalhar em novos projetos, a editar ainda este ano.

“Perto do fim” está disponível em todas as plataformas e lojas digitais, tal como o videoclipe, da autoria de Guilherme Capelo, no YouTube.

Apresentação pessoal de Samuel Correia

O meu nome é Samuel Correia, tenho 16 anos, sou natural de Santa Maria da Feiras mas recentemente mudei-me para o Seixal, em busca das oportunidades que Lisboa tem para oferecer. Em outubro editei o meu EP de estreia “Reticências” que vinca a ligação da minha música a temas relacionados com a saúde mental e as relações interpessoais numa comunhão entre músicas pop, rock e baladas intimistas.

Não consigo definir uma data de quando começou o meu percurso musical pois a música vive comigo desde que nasci. Sempre gostei de cantar e ouvir muita música. A primeira vez que me apresentei ao vivo foi numa festa de escola em 2015 e desde aí tenho vindo a aprender e a crescer como músico e artista.

Sou cantor, compositor, pianista e estudo produção musical na escola de artes da JOBRA.

Durante alguns anos, enfrentei uma depressão e a música foi sempre o meu porto de abrigo onde me refugiei e onde encontrei a minha estabilidade emocional, daí defender esta causa com todas as minhas forças pois acho esta temática subvalorizada e ainda tabu para uma parte da nossa sociedade.

Com a obrigatoriedade deste novo confinamento vi-me obrigado suspender a minha tour e a confinar. Não está a ser uma experiência fácil e por isso, após pensar muito, tomei a iniciativa de voltar para casa dos meus pais, de regressar ao meu estúdio e deixar por alguns dias as redes sociais de parte, para cuidar de mim e lutar pela minha sanidade mental. Assim, e neste exercício de introspecção, surgiu em mim a vontade de transformar este “vazio” em que vivemos em música e assim nasceu a “vazio”, uma canção editada em fevereiro. Após a escrita deste tema, decidi escrever mais sobre o quão difícil é estarmos confinados, longe das pessoas que amamos e consequentemente acabamos por nos sentir longe da nossa própria identidade, “perto do fim”.

A “perto do fim” marca uma nova era na minha carreira, uma nova estética musical caracterizada por um Samuel mais maduro e com novas influências musicais. É também uma renovação na minha vida pessoal, encerrei muitos capítulos e mergulhei dentro da escuridão da minha mente para me redescobrir e voltar a alcançar uma alegria e estabilidade que já não tinha há muito tempo. Hoje estou feliz. Aprendi e cresci. Ver a vida como a viagem e não o destino ajudou-me a chegar mais longe e a ficar mais forte e sinto que isso se nota nas músicas, não só nesta estreia mas também nos temas que virão na sequência deste lançamento e com que tenho brindado o meu público.

A música “perto do fim” estará disponível em todas as plataformas e lojas digitais, a 7 de Maio, tal como o videoclipe, da autoria de Guilherme Capelo, no YouTube.

(Visited 18 times, 1 visits today)
Last modified: Maio 8, 2021