seteoitocincoWritten by: Qual o teu seteoitocinco?

Qual é o teu seteoitocinco? #5 – Mateus Verde

Mateus Verde é cantor e compositor de canções feitas para sonhar. Uma guitarra eléctrica e a sua própria voz bastam para encher a sala com um ambiente confortável.

Mateus Verde

Mateus Verde é cantor e compositor de canções feitas para sonhar. Uma guitarra eléctrica e a sua própria voz bastam para encher a sala com um ambiente confortável.

Entra nas portas do Portugarte através da seteoitocinco, que todas a Sextas-feiras aparece por cá para te mostrar nova musica portuguesa.

Mateus Verde

É sempre bom interiorizar que o exercício que interessa para proteger a dignidade que nos assiste por direito, chama-se: dar, apenas e conforme, tudo o que somos.

Em julho de 2020, Feiticeira, foi o álbum de estreia que Mateus Verde definiu dar conforme tudo o que ele se tornou. Um conjunto de nove separações embrionárias e dignas de um lavrador de Sons, que Mateus Verde escolheu para a metamorfose do seu interior.

Desta vez fomos ao Algarve perguntar ao alquimista de canções todos os SeteOitoCinco dos seus desejos.

Sete espaços onde sonhas actuar:

  • Plano B (Porto)
  • ZDB (Lisboa)
  • Teatro Lethes (Faro)
  • SMUP (Parede)
  • Maus Hábitos (Porto)
  • Bafo de Baco (Loulé)
  • Sofar Sounds (Concertos Secretos)

Oito músicas que vivamente aconselhas a serem ouvidas:

Cinco projectos/artistas com que gostavas de dividir palco:

  • Big thief
  • Anna von Hausswolff
  • Norberto Lobo
  • Benjamim
  • Phoebe Bridgers

Diz-nos uma ideia que possa ser aplicável e capaz de contagiar as pessoas a olhar, um pouco mais, para a música nacional.

Talvez subir a quota mínima de música nacional obrigatória para as rádios de forma a alimentar a economia da música portuguesa. De momento é de 25%, e é respeitada. Mas acho que podíamos fazer melhor. Há tanta música portuguesa de qualidade a aparecer todos os dias, mas que não tem espaço para existir.

Nota de editor: entretanto, desde a entrevista a Mateus Verde, até à data da publicação deste artigo, a quota mínima na emissão de música portuguesa nas rádios subiu para 30%.

Playlist

Este é o testemunho devolvido das suas harmoniosas palavras. Bem vindos e bem vindas ao universo que sonoriza a natureza de Mateus Verde.

1) Mateus Verde – Mulher da Mata (‘Feiticeira’ – LP / 2020)

2) Fausto – Lembra-me Um Sonho Lindo (‘Por Este Rio Acima’ – LP / 1982)

3) Big Thief – Masterpiece (‘Masterpiece’ – LP / 2016)

4) Mateus Verde – Feiticeira (‘Feiticeira’ – LP / 2020)

5) Ece Canlı – Su-Ma (‘Vox Flora, Vox Fauna’ – LP /2020)

6) Anna von Hausswolff – The Mysterious Vanishing of Electra (‘Dead Magic’ – EP / 2018)

7) EVAYA – Doce Linguagem (‘Intenção’ – EP / 2020)


Apoia a Arte Independente

Gostaste deste artigo e queres apoiar o Portugarte?
Podes apoiar-nos com um simbólico café! Segue este link para que continuemos a divulgar o melhor da arte independente.

A arte independente nacional agradece e nós também!


(Visited 7 times, 1 visits today)
Etiquetas:, Last modified: Março 5, 2021