AvatarWritten by: Artes Artes Plásticas

A Arte Del Traforo, de Raul Rocha

Raul Rocha é o criador da marca Rro Traforo. Artesão de serras fininhas e mãos de ouro, apresenta-se com uma arte pouco explorada, mas encantadora pela sua magnitude e precisão.

Rro Traforo

Raul Rocha é o criador da marca RRO.Traforo. Artesão de serras fininhas e mãos de ouro, apresenta-se com uma arte pouco explorada, mas encantadora pela sua magnitude e precisão.

Créditos: Jornal de Notícias

A verdade é que já conheço o Raúl há tempo suficiente para demarcar cronologicamente os picos emotivos em relação à sua arte.

Numa primeira fase, a contemplação e a surpresa construíram-me um queixo caído, perplexo por esta actividade. A seguir pensei no valor incrível desta arte e nas bocas que merecia percorrer. Por último, quando o Paulo me propôs o projecto PORTUGARTE, o Raúl foi a primeira pessoa de quem me lembrei para escrever sobre a sua arte.

Esta estratificação é tão sincera e pessoal, quanto possível. Vai ser difícil colocar de lado a boa disposição e a simplicidade do artista e falar unicamente do seu processo criativo, mas na verdade também isso faz parte de um mote e de uma experiência como vemos o seu trabalho. Digamos que a obra do Raúl fica ainda mais completa, com a assinatura de quem é boa gente.

Quanto à sua arte, as peças de RRO.Traforo são esculpidas manualmente e meticulosamente com uma pequena serra, produzindo na madeira padrões geométricos, matematicamente belos. Através desta técnica reproduz candeeiros de tecto e de mesa, apliques, abajures, mesas, biombos, tabuleiros, caixas decorativas, centros de mesa e até quadros decorativos com figuras minuciosas e precisas.

Faz-se arte de uma máquina Singer

Esta é uma arte conhecida em italiano, por Arte Del Traforo e em inglês por Scroll saw fretwork.

As primeiras amostras foram desenvolvidas na Alemanha, no século XVI, mas foi uns anos mais tarde, nos séculos XIX e XX que esta arte se disseminou pela Europa.

O artista tinha 10 anos, quando descobriu esta arte. Estudava no Colégio dos Salesianos em Mogofores, Anadia, e abraçou a disciplina na aula de trabalhos manuais. Na altura, era manualmente que se fazia o gosto. Agora, o prazer é ainda maior, com uma ferramenta construída pelo próprio Raul durante a sua adolescência.

“Quanto à máquina que uso essa foi inventada pelo meu pai e por mim, utilizando os pés de uma máquina de costura antiga Singer, sendo o mecanismo inspirado numa máquina profissional de tico tico.”

É a partir deste objecto, que já de si é uma obra de arte, que o criador de RRO.Traforo faz o corte nas suas peças.

Contudo, foi depois de reformado que o artesão começou a produzir peças da sua autoria. Se antes reproduzia peças essencialmente de Carlo Amatti, artista italiano do Século XX, há 8 anos aventurou-se pelos seus próprios desenhos, dando corda e tempo à sua criatividade.

As sementes artísticas brotaram quando recebeu uma encomenda que o encheu do merecido reconhecimento.

“Há cerca de oitos anos, tive uma encomenda de um trabalho para uma oficina de móveis que foram cerca de 60 azulejos em MDF para forrar um móvel contador. A partir daí, tirei a carta de artesão, certifiquei a marca e comecei a criar as minhas peças.”

Algumas Jóias da Coroa

Entre as peças de Raul Rocha, com o selo RRO.Traforo, encontramos um candelabro judaico. Num passeio a Belmonte, na Guarda, a conversa entre um comerciante judeu e o autor, puxou para o desafio. Dali saiu a promessa de uma peça inspirada na arte judaica, que resultou numa obra que tem tanto de delicado como magistral.

Na obra do artista, encontramos também um biombo, mais uma jóia da coroa da colecção de RRO.Traforo.

“Tenho muitas peças, mas a minha ‘master piece’ é um biombo que demorou cerca de seis meses a executar e que é composto por quatro painéis formados por 120 azulejos trabalhados, todos diferentes! A estrutura é em mogno maciço e os azulejos foram executados em mdf de 5 mm folheado nas duas faces com folha de pau ferro vermelho, carvalho e castanho.”

Tal como a maioria dos artesãos, o local de venda passa pela participação em feiras de artesanato. Este ano, devido às restrições sanitárias, todas as feiras foram canceladas. O ano passado participou em várias nomeadamente a FIA, Feira Internacional de Lisboa e na Feira de Artesanato de Vila do Conde.

Links para ver mais sobre a arte de RRO.Traforo

(Visited 42 times, 1 visits today)
Etiquetas:, Last modified: Outubro 6, 2020