AvatarWritten by: Artes Concertos e Festivais

Há Concertos Que Nunca Existiram

Hoje, dia 3 de Outubro, vai ter lugar na freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão, no concelho de Marco de Canaveses, a iniciativa Concertos Que Nunca Existiram.
David Bruno assume-se como cabeça de cartaz nesta jornada, que contará com um conjunto de culturas e actividades alternativas.

Concertos que nunca existiram

Hoje, dia 3 de Outubro, vai ter lugar na freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão, no concelho de Marco de Canaveses, a iniciativa Concertos Que Nunca Existiram. David Bruno assume-se como cabeça de cartaz nesta jornada, que contará com um conjunto de culturas e actividades alternativas.

Neste Sábado, a música, as artes e a Natureza estão afinadas no mesmo tom e a Quinta da Senhora da Guia vai ser o palco perfeito para essa reunião de universos. O cardápio abre pela manhã e é oferecido pelo Rio Paiva. Os primeiros e as primeiras adquirentes do bilhete, vão ter direito (e a sorte!!!) a um passeio de barco no afluente do Douro, com uma experiência musical que a organização não quer revelar, deixando tudo entre as margens da surpresa.

Esta imersão pela Natureza está de mão dadas com um concerto final, protagonizado pelo auto-intitulado “antropólogo da era digital”, David Bruno, que editou o seu mais recente disco Raiashopping, ainda neste ano de 2020.

A organização desta 3ª edição dos Concertos Que Nunca Existiram fica a cargo da associação local Rústico, em parceria com a promotora Lovers and Lollypops.

Pataniscas, Caminhadas e Instalações Artísticas

Além do passeio no Paiva, haverá mais balões de actividades para respirar a aldeia. A meio da tarde começa-se na gula, com um workshop de pataniscas. Para desmoer há uma caminhada que vai dar a conhecer parte da história daquele lugar. Durante a programação haverá música, com os DJ’s Jetrotuga e Patrícia Brito e instalações artísticas da Galeria Ocupa.

Os responsáveis da iniciativa revelam que esta edição em particular tem um foco ainda mais importante. Num ano em que a programação cultural sofreu um impacto enorme, não só a nível nacional, mas, acima de tudo, a nível local.

A associação Rústico recusou-se a atirar a toalha ao chão e empenhou-se na adaptação do formato habitual às diretrizes da Direcção Geral de Saúde. A lotação do evento a 100 participantes, o sistema de inscrição, a organização dos espaços e os procedimentos de circulação, são apenas algumas das medidas que fazem parte do Plano de Contingência, que já foi aprovado pelas autoridades de saúde locais.

É através da ânsia de movimento, de agitar a comunidade, de sacudir a inércia, de excitar gerações, de inquietar espíritos e confortar almas que, sozinhos e sem grandes apoios, criamos este evento e formamos o projeto artístico e de valorização cultural”, frisaram os responsáveis da associação.

Links do Evento

(Visited 9 times, 1 visits today)
Etiquetas:, , , , , , , , Last modified: Outubro 3, 2020