AvatarWritten by: Artes Artes Plásticas

Almavina – Cerâmica com Alma Portuguesa

A Almavina é um projecto artístico em cerâmica de Liliana Pereira, que cria bustos personalizados inspirados em homens e mulheres de tradição, construtores de uma cultura ancestral em Portugal.

Almavina

A Almavina é um projecto artístico em cerâmica de Liliana Pereira, que cria bustos personalizados. São inspirados em homens e mulheres de tradição, construtores de uma cultura ancestral em Portugal.

Quis o acaso que eu escrevesse este artigo nas condições cénicas ideias. O Outono varreu o Verão e o bom tempo, trouxe a chuva e ventos nostálgicos. Premissas perfeitas para fazer scroll no Instagram da Almavina e deixar-me envolver por uma arte com tanto significado. São bustos de olhos fechados, mas com uma expressão que nos leva a olhar para dentro, do que somos, do que fomos e de quem nos fez.

Foi em 2017 que a Liliana, “numa tentativa de fuga à despersonalização massiva de produtos”, criou a Almavina. Foi influenciada pelo povo e pela cultura portuguesa do século XX, para criar rostos de personagens anónimas, que trabalharam os campos e as vinhas lusitanas. Uma homenagem muito bonita aos trabalhadores, assombrados pela Alma do Vinho, um conceito que viria dar o nome à própria marca.

A personalização dos rostos da Almavina

Cada peça é única, trabalhada à mão e sem moldes. São mulheres e homens, feitos à medida de uma vida cansada e vivida, consolidados à rotina do laboro.

No início, a acção artística e decorativa emparelhou-se à funcionalidade, uma sugestão do namorado, Nelson, com a criação de rolhas para garrafas de vidro. Mais tarde surgiu um casal de bustos, cheio de cumplicidade, um conjunto de saleiros com dois orifícios, em que o sal sai pelo nariz. Hoje em dia, a Almavina, tem uma gama que foi crescendo ao ritmo da criatividade, como rostos de parede ou em floreiras.

Quando a Liliana começou com o projecto, estava desempregada. Foram as suas criações sem corpo, que deram pernas à actividade profissional da artista. Aos poucos começou a ter representações em algumas lojas dos principais pontos turísticos portugueses e mais tarde o mérito ofereceu-lhe as asas para voar até outras paragens, como França, Bélgica e Suiça.

“Vai à Alma de Cada Um”

O sucessso não tem selo se não contar uma história e foi isso que a Liliana percebeu. As pessoas identificam-se, de uma forma ou de outra, com os bustos, com as expressões que já viram e já sentiram e isso cria um impacto imediato, tal como a criadora nos conta:

“As pessoas logo no imediato têm uma aproximação sentimental. Ou gostam ou não gostam e por vezes até me associam, a mim como autora, às feições tristes. Acham que eu de alguma forma estou a depositar a minha tristeza nas peças e acham muito estranho porque não faço bustos com alegria. Outros têm uma reacção quase familiar, em que identificam as caras com uma personagem, com um momento ou até com uma cultura diferente da portuguesa. Vai à Alma de cada um.”

Pela segunda vez, a Liliana está a criar uma série limitada de peças temáticas. A primeira percorreu o século XIX. A segunda a autora ainda não quer revelar o tema, mas avança que será um conjunto de saleiros com pormenores em ouro. Sairá ainda este ano e nós já estamos muito curiosos.

O novo espaço ESCAPE

Escape da cidade, escape do stress, escape artístico. O que interessa é ter um plano de fuga e foi assim que a Liliana e o Nélson criaram o ESCAPE, um Estúdio de Cerâmica Artística e Práticas Emergentes.

Residentes no Porto, foi em Santo Tirso que miraram uma base para os seus projectos, fora da massificação da cidade e com o objectivo de dinamizar a arte no Vale do Ave, zona natal da Liliana.

Serve de casa para o projecto Almavina, mas também para o projecto MAEVA, do Nelson que também se envolveu com a cerâmica.

Além disso quer acolher makers e desenvolver e promover projectos relacionados com cerâmica. Acolhe residências mensais e workshops por marcação, para crianças e adultos.

Os Links

(Visited 15 times, 1 visits today)
Etiquetas:, , , Last modified: Setembro 26, 2020